Sálua Fayal
Home Acima LIVRO 2006 AdrianeJackson Alyne Marchiori Ana Alcântara Ana Costa Ana Farias Bruna Corecha Bruno Oliveira ClaudionorSilva Jr Cristiane Lopes Débora Macedo Edvilson SilvaJr Felipe Carvalho FranciscaVieira Gabriela Rocha Giuliana Santos Gleidson Sousa Jeanny Karlla Joelma Costa José MªCosta Jr Juliana Silva Karine Corecha Kerollen Costa Laís Bibas Larissa Alves Liege Arruda Lorena Ramos Luísa Silva Naina Jardim OsmarcelinaCardoso Priscila Silva RaimundoVictor RamayanaPena Sálua Fayal Samuel Aquino ShirsellemCosta Vanessa Alves Waldecy Cunha Jr

 

 

I Concurso de Redação "Minha água, minha vida"

Realização HIGISERVICE-Y.YAMADA - Dia Mundial da Água 2006

SÁLUA TEMIS TYÊ MONTEIRO FAYAL   
1ª Série do Ensino Médio   
Colégio Estadual Paes de Carvalho
   
Belém - PA 
   

MINHA ÁGUA, MINHA VIDA

Água vida cristalina,

Que brota da beira do rio.

Tão linda quanto o nosso céu de anil.

Como dizia o poeta:

“Minha terra tem palmeiras, 
  onde canta o sabiá, 
  as aves que aqui gorjeiam, 
  não gorjeiam como lá.”

Assim ele disse, nos vamos modificar,

para água que é objetivo, vamos conscientizar.

Minha terra tem rios e lagos,

onde o sabiá adora se satisfazer.

Sua sede, seu calor, sua ânsia de viver,

seu canto é forte, são aves do norte.

As aves de lá, talvez não tenham água,

seu canto é desanimado, não é igual ao

da nossa passarada.

As aves daqui cantam com toda a sua glória.

Sua raça é forte, e mais forte ainda a sua memória.

Para lembrarem de deixar uma grande lição.

Uma lição para educar, que num futuro distante.

Poderá água faltar.

Se as aves que lá anseiam por água sofrem.

Aqui sofremos, porque desperdiçamos.

Vamos nos conscientizar, admitir que nós erramos.

Se do pó viemos e ao pó voltaremos.

Tudo se extinguirá, o mundo não vai existir.

Se um dia a água faltar.

Mas isso não vai acontecer,

por que vamos economizar.

E um final feliz a terra vai ter.

Ver tudo, tudo verde, e a terra a florescer.

 

 

Sálua Temis Tyê Monteiro Fayal 
1ª série do Ensino Médio 
Colégio Estadual Paes de Carvalho / Belém - PA
 

[MÚSICA 'MOLHADA']  [OUTRAS REDAÇÕES-2006]