FranciscaVieira
Home Acima LIVRO 2006 AdrianeJackson Alyne Marchiori Ana Alcântara Ana Costa Ana Farias Bruna Corecha Bruno Oliveira ClaudionorSilva Jr Cristiane Lopes Débora Macedo Edvilson SilvaJr Felipe Carvalho FranciscaVieira Gabriela Rocha Giuliana Santos Gleidson Sousa Jeanny Karlla Joelma Costa José MªCosta Jr Juliana Silva Karine Corecha Kerollen Costa Laís Bibas Larissa Alves Liege Arruda Lorena Ramos Luísa Silva Naina Jardim OsmarcelinaCardoso Priscila Silva RaimundoVictor RamayanaPena Sálua Fayal Samuel Aquino ShirsellemCosta Vanessa Alves Waldecy Cunha Jr

 

 

I Concurso de Redação "Minha água, minha vida"

Realização HIGISERVICE-Y.YAMADA - Dia Mundial da Água 2006

FRANCISCA DILÉIA DE JESUS VIEIRA   
1ª Série do Ensino Médio   
Escola Estadual
Cordeiro de Farias
   
Belém - PA 
  

 
MINHA ÁGUA, MINHA VIDA

A água é um bem precioso e insubstituível. Ela é um elemento relevante para a vida, não só das pessoas, mas de todo organismo vivo. É um recurso natural que propicia saúde, conforto e riqueza ao homem, por meio de seus incontáveis usos, dos quais destaca-se o abastecimento das populações, a irrigação, a produção de energia, o lazer e a navegação.

Deve-se chamar a atenção da sociedade de todos os paises para uma preocupação, recorrente e justificada, de especialistas quanto à escassez da água no mundo. Este problema pode estar relacionado a dois fatores: má distribuição e má gestão dos recursos hídricos. O primeiro deve-se à própria natureza, o segundo é culpa do homem. Como 97% da água está nos mares, ela torna-se imprópria para o uso agrícola, industrial e para o consumo humano. Outros 2% estão nas calotas polares, em forma de gelo ou neve. Então, resta somente 1% de água doce, disponível nos rios, lagos e lençóis freáticos. Essa água é mal distribuída. Alguns países têm mais do que precisam, enquanto outros praticamente não têm nada. O Brasil é dono da maior reserva hídrica do mundo.

Por muitos anos, a humanidade teve a sensação de que a água seria um recurso inesgotável, podendo ser desperdiçada e contaminada sem maiores conseqüências. De fato, o volume total de água é o mesmo, pois ela entra num processo de renovação contínuo chamado ciclo hidrológico. Entretanto, a intervenção do homem em algumas etapas desse ciclo provoca a contaminação cada vez mais acentuada dos recursos hídricos.

O problema da má gestão pode ser resolvido quando industriais, agricultores, consumidores domésticos começarem a ser cobrados pela água em si, não apenas por seu abastecimento. Quando não se paga pelo que se consome, o resultado é o desperdício. Embora a idéia da precificação seja praticamente unânime, há os que argumentam que ela tornaria a água mais cara para quem mais precisa dela: a população pobre. Porém, custa mais caro para os pobres não ter água. Além disto, pode-se procurar maneiras de evitar que isso ocorra. O dinheiro cobrado pelos recursos hídricos, pode ser revertido para a cobertura dos custos de tratamento da água e preservação dos ecossistemas ligados a ela.

O grande dilema é conseguir que, com uma população mundial em constante crescimento, os recursos sejam mais bem distribuídos e que sua qualidade seja mantida.

A água não deve ser desperdiçada e nem poluída. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.

Então, cabe lembrar que a água limpa e acessível constitui-se em um elemento indispensável para a vida e que, para tê-la no futuro, é preciso protege-la para evitar o futuro caótico previsto para a humanidade. Quando, provavelmente, homens de todos os continentes travarão guerras em busca deste recurso, antes tão abundante. Todo cidadão tem o direito de usufruir da água, mas também tem o dever de preserva-la, utilizando-a de maneira consciente, sem desperdícios. Dando devido valor à água.
 

Francisca Diléia de Jesus Vieira 
1ª série do Ensino Médio 
Escola Estadual Cordeiro de Farias / Belém - PA
 

 

[MÚSICA 'MOLHADA']  [OUTRAS REDAÇÕES-2006]